Sexta-feira, 16 de Julho de 2010

Educação uma questão de limites

 

 

NÃO EXISTEM RECEITAS PARA MANTER UMA CRIANÇA NA LINHA. MAS NA HORA DE DIZER "NÃO", TUDO PODE FICAR MAIS FÁCIL SE VOCÊ CONHECER UM POUCO DA PERSONALIDADE DA CRIANÇA

 

 

 

 

 

 

O sedudor:  Esse não se intimida com palavras autoritárias  ou repreensões!

O que não funciona com ele:

Entrar no jogo da sedução. Apesar da tentação, evite cair na risada ou demostrar irritação diante das gracinhas dele, porque isso lhe assegura o poder de controlá-lo emocionalmente,  o que torna sua "técnica" eficaz.

O que funciona:

Igonore  seus truques.Ser firme  e demostrar confiança naquilo que você está dizendo. Explicar porque ele não pode fazer determinada coisa e não se intimidar com suas "gracinhas".

 

O perfeccionista:Estabelece padrões  muito rígidos para si mesmo e é muito crítico quando comete algum erro.

 

O que não funciona com ele:

Criticá-lo depois do não JAMAIS! evite frases do tipo: "Você já deveria saber disso" ou Estou muito triste com você.

O que funciona:

Envolver a criança na solução do problema. Quando ela se recusa a aceitar determinado limite, demostre que confia na sua capacidade de resolver  a questão. A criança precisa entender que sua bronca não tem nada a ver com seus sentimentos em relação a ela.

 

O Desligado:

Vive no "mundo da lua", inclusive quando é repreendido.

O que não funciona com ele: Repetir, falar, gritar. Se a criança não estiver atenta e principalmente interessada no que você tem a dizer não adianta insistir você vai "falar com o vento".

O que funciona: Olhe dentro dos olhos dele e argumente com clareza e calma , você deve intervir de modo objetivo,calmo e claro.


O Dramático:

É a criança que dá a impressão de sofrer intensamente com as limitações e repreensões.

O que não funciona com ele: Fazer escândalo. Se descontrolar e mostrar sua irritação.

O que funciona: Falar baixo, de maneira séria e objetiva, evite ameaças de castigo se não for cumpri-las(Ex: Se você não parar de gritar não vai tomar sorvete " e no final das contas da o sorvete pra que a criança pare com a pirraça...). Algumas vezes a criança precisa de tempo para se acalmar e perceber que seu escândalo não está surtindo efeito, essa é a melhor ora para parar e conversar!

 

 

 

 


publicado por pedagogia em ação às 01:59
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.Visitinhas

.posts recentes

. Projeto de Incentivo a le...

. Atividades para Maternal,...

. Sites que trabalham com o...

. Estatuto da Criança e do ...

. Educação uma questão de l...

. Erotização Infantil

. Bullying

. Dicas de dowloading de l...

. Eu e meus aluninhos!!!

. Xi...Xixi na cama!!!

. Apoio dos pais no desenv...

. Criança aprende brincando...

. Um tapinha não dói???????

.arquivos

.pesquisar